SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi, IV SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi

Tamanho da fonte: 
VACINA TRÍPLICE VIRAL (SCR): ANÁLISE COMPARATIVA DE VACINADOS E NASCIDOS VIVOS NO ESTADO DO TOCANTINS E NO BRASIL NOS ANOS DE 2013 A 2017
Thallyson Ruan Brilhante Porto, Joycy Isabely Rodrigues Machado, Cristiane Chaves Campos, Nilson Afonso da Silva Junior, Jhonattas Vinnycios Barcelos Silva, Sara Falcão de Sousa

Última alteração: 2018-10-06

Resumo


Introdução: A imunização por vacinas no Brasil é um meio bastante efetivo na prevenção de diversas doenças. A Tríplice Viral é uma das inclusas no calendário de vacinação nacional, para ser realizada em nascidos com 12 meses. Objetivo: Analisar e comparar a taxa de cobertura da primeira dose da vacina tríplice viral (SCR) e a taxa de natalidade no Tocantins e Brasil, verificando o alcance das campanhas de vacinação para SCR. Metodologia: Estudo transversal baseado nos dados de 93.606 vacinas SCR aplicadas no período de janeiro de 2014 a dezembro de 2017 no Tocantins e 11.483.100 vacinas SCR aplicadas no mesmo período no Brasil, de acordo com os dados registrados no departamento de informação do SUS (DataSus). Analisou-se também a taxa de natalidade no Tocantins e no Brasil de um ano de antecedência (2013 a 2016), visto que a vacina deve ser realizada um ano após o nascimento. Realizou-se o teste qui-quadrado com 5% de significância. Resultados: Durante os períodos avaliados, registraram-se 93.606 vacinas SCR aplicadas no Tocantins e 11.483.100 no Brasil, 98.043 nascidos no Tocantins e 11.758.754 nascidos no Brasil. Ao analisar os números de cada ano, verificou-se que o ano de maior vacinação no Tocantins e no Brasil foi o de 2014, com 25.742 e 3.276.483 vacinados respectivamente. Entretanto, os valores de nascimento do ano anterior (2013) foram inferiores, 24.119 no Tocantins e 2.904.027 no Brasil, mostrando uma percentagem de aproximadamente 106,7% de alcance vacinação no período de 2014 no Tocantins e de 112,8% no Brasil, sendo esses os maiores índices observados. O menor índice observado do Tocantins foi do período de 2014/2015, com as crianças nascidas em 2014, em que se obteve 91,26% de alcance. Já no Brasil, o menor índice visualizado foi obtido no período do ano de 2016/2017, em que se alcançou 90,24% das crianças nascidas no ano de 2016. Olhando para o total de vacinados e nascidos nesse período analisado, teve-se um alcance de 95,47% no Tocantins e 97,65% no Brasil. Conclusão: Os resultados deste estudo demonstram alto grau de vacinação com SCR no Tocantins e Brasil, apresentando índices de vacinação acima de 100% nos melhores períodos analisados e nos piores um índice entorno de 91%. Todavia, o objetivo das campanhas é alcançar toda a população. Diante disso, é necessária uma maior efetivação das campanhas de vacinação, buscando os nascidos para a completa imunização.

Descritores: IMUNIZAÇAO-VACINA SCR-NASCIDOS VIVOS-VACINAÇAO.

 


É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.