SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi, IV SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi

Tamanho da fonte: 
ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO DO TRABALHO NA PREVENÇÃO DE RISCOS ERGONÔMICOS
Haylma Jayne Almeida Guida, Kassyane Pereira Ketzer, Maria Clara Isacksson Bastos Rodrigues, Marcos Gabriel Quixabeira Laforga, Mirelly Da Silva Ribeiro, Rayssa Eduarda da Fonseca Cavalcante

Última alteração: 2018-10-16

Resumo


Introdução: A importância em se estudar sobre a atuação do enfermeiro do trabalho na prevenção de riscos ergonômicos, surgiu devido ao crescimento nos índices de adoecimento em função do trabalho. Isso acontece, provavelmente, pela ausência de obediência às normas de segurança. O trabalho se destaca pelos elevados níveis de existência, possibilitando alterações na saúde do trabalhador. Objetivo: Descrever a importância da atuação do enfermeiro do trabalho na prevenção de riscos ergonômicos. Material e Métodos:O trabalho proposto trata-se de uma revisão bibliográfica sistemática da literatura, obtidas em livros e artigos científicos provenientes de bibliotecas virtuais: Revista Cientifica de Enfermagem (Recien). Resultados: O enfermeiro do trabalho age na prevenção aos riscos ergonômicos por meio de atitudes individuais e coletivas. A enfermagem do trabalho, como especialidade, procura aprofundar, desenvolver conhecimentos e aumentar seu papel junto a área de saúde do trabalhador, a assistência de enfermagem proporciona a saúde do trabalhador e sua reabilitação da sua volta a atividade laboral, recuperando a sua liberdade ao ambiente social. A atuação e orientação do enfermeiro do trabalho é importante para que os trabalhadores consigam a partir de suas orientações e atividades desenvolvidas conscientizarem-se da utilidade de atualização dos EPI’s, não somente como comprimento das normas regulamentadoras, mas para com os cuidados de sua própria saúde no ambiente de trabalho. Assim, a prevenção primária é atividade principal da enfermagem do trabalho, pois, através dela, é capaz evitar danos à saúde que podem acontecer entre os trabalhadores. Portanto, a adequação ergonômica dos postos de trabalho, são necessidades imediatas para diminuir e prevenir dores posturais, principalmente as musculoesqueléticas, complicações físicas e mentais, fadiga e acidentes. Sendo, assim, o enfermeiro tem um papel significativo na prevenção de riscos ergonômicos, tais como: avaliar a comunidade, suprir a falta de informações e condições de trabalho,qualificar a saúde dos trabalhadores, conscientizar a necessidade dos EPI’s, entres outros. Conclusão: O objetivo deste estudo foi descrever a importância do enfermeiro do trabalho na prevenção dos riscos ergonômicos. Após o estudo foi possível concluir que o enfermeiro do trabalho por meio de seus cuidados, é um profissional primordial na prevenção, redução e eliminação dos riscos ergonômicos, já que atua de maneira individual e coletiva.

É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.