SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi, IV SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi

Tamanho da fonte: 
PERCEPÇÃO DOS COLETORES DE LIXO DE GURUPI, TOCANTINS SOBRE OS RISCOS OCUPACIONAIS INERENTES À PROFISSÃO
RAILMA Oliveira Gama, DINARA Menezes Oliveira, ÉMELIN Alves Santos

Última alteração: 2018-10-10

Resumo


Introdução: Os resíduos sólidos urbanos (RSU) são gerados pela população como resultados da produção, transformação e utilização de bens de consumo, os quais são recolhidos por profissionais da coleta de lixo. Estes trabalhadores estão diretamente expostos a vários riscos ocupacionais que podem comprometer a sua saúde. Para minimizá-los, estes profissionais devem conhecer os riscos e adotar medidas de segurança durante suas atividades. Objetivo: identificar a percepção dos coletores de lixo de Gurupi, Tocantins quanto aos riscos ocupacionais que estão expostos durante a jornada de trabalho. Material e Métodos: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizado na Secretaria Municipal de Infraestrutura do município de Gurupi, Tocantins com 38 profissionais da coleta de lixo. Os dados foram coletados através de entrevista semiestruturada, realizada individualmente, cujas informações foram registradas e armazenadas através de um dispositivo de gravação de áudio e posteriormente transcritas e analisadas utilizando a técnica de análise de conteúdo preconizada por Bardin (2011). A autorização para a coleta de dados foi obtida por meio da assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). O presente trabalho foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) do Centro Universitário UnirG, CAAE 72813817.5.0000.5518, Protocolo 2.344.617. Resultados: todos os trabalhadores da coleta de lixo que foram entrevistados, afirmaram ter conhecimento dos riscos que estão expostos durante a jornada de trabalho. No entanto, a maioria afirmou já ter sofrido algum acidente durante os serviços de coleta, como quedas, atropelamentos e principalmente acidentes com objetos perfurocortantes que são acondicionados no lixo de forma inadequada pela população. Conclusão: os dados obtidos revelaram que apesar dos trabalhadores da coleta de lixo apresentarem conhecimento acerca dos riscos que estão expostos, a maioria já sofreu algum tipo de acidente durante a coleta. Desta forma, os acidentes de trabalho podem ser evitados com a colaboração da população, através do acondicionamento adequado do lixo, além da oferta de cursos e treinamentos aos trabalhadores.


É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.