SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi, IV SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi

Tamanho da fonte: 
CASCA DE ARROZ CARBONIZADA NA COMPOSIÇÃO DE SUBSTRATOS ALTERNATIVOS PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE Acacia polyphylla DC.
Euclides Figueredo Fonseca, Bruno Aurélio Campus Aguiar, Gabriel Oliveira Silva, Tayanne Graciette Nascimento silva, Priscila Bezerra de Souza

Última alteração: 2018-10-08

Resumo


Introdução: A Acacia polyphylla DC é uma leguminosa que vem despertando a atenção dos técnicos e pesquisadores pela sua rusticidade e rapidez de crescimento, o que possibilita o seu uso na recuperação de áreas degradadas além de apresentar potencial para cultivo nas zonas baixas e úmidas, apresentando usos variados. Objetivo: Portanto, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o uso da casca de arroz carbonizada na composição de substrato para produção de mudas de Acacia polyphylla DC e analisar seu desenvolvimento sobre seus efeitos no crescimento inicial das plantas. Material e Métodos: O trabalho foi realizado no viveiro florestal do Campus Universitário de Gurupi da Universidade Federal do Tocantins. O experimento foi realizado através de tratamentos com adição de casca de arroz carbonizada nas proporções de 0, 25, 50, 75, 100 dag kg-1 no substrato comercial Biomix®, sendo que o plantio foi realizado em tubetes, e foram feitas avaliações mensais de altura, diâmetro e ao final do experimento realizou-se a amostragem do peso da matéria seca da parte aérea, peso de matéria seca das raízes, utilizando o índice de qualidade de Dickson para calcular os parâmetros, os resultados obtidos foram submetidos à análise de regressão utilizando-se o programa SigmaPlot 10.0, adotando-se 5% de probabilidade. Resultados: Os dados de altura e diâmetro de plântulas se comportaram de forma polinomial quadrática, sendo que à medida que se adicionou casca de arroz carbonizada no substrato comercial Biomix® houve redução dos valores em função do aumento da casca de arroz carbonizada, o índice de qualidade de Dickson (IQD) variou de 0,19 a 0,18 onde o tratamento que apresentou os melhores resultados foi o que utilizou apenas o substrato comercial Conclusão: A adição de casaca de arroz carbonizada influenciou negativamente no crescimento inicial das plântulas em todos os parâmetros morfológicos avaliados.


É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.