SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi, IV SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi

Tamanho da fonte: 
TECNOLOGIAS INOVADORAS NO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DO CÂNCER
Josefa Cristina Alves de Souza, Denise Soares de Alcântara, Eduardo Henrique Alcântara da Silva, Marcos Gabriel Quixabeira Laforga, Marcineide Maria Veli da Silva Brito, Thaynná Costa Brito

Última alteração: 2018-10-10

Resumo


Introdução: O câncer é um conjunto de doenças que têm em comum o crescimento desordenado de células que invadem tecidos e órgãos.O desenvolvimento científico-tecnológico tem proporcionado avanço e melhora no seu diagnóstico e tratamento. Objetivo:Identificar as tecnologias inovadoras para diagnóstico e tratamento do câncer. Material e Métodos: Realizou-se uma revisão de literatura sobre a temática, a partir da busca de fontes com o foco inovações tecnológicas no diagnóstico e tratamento do câncer. o levantamento foi realizado na plataforma  Scielo, no período de Agosto a Setembro de 2018, utilizando-se os descritores: Neoplasias, Terapêuticas, Diagnóstico, Tecnologia, Inovação. Como critérios de inclusão foram utilizadas referências nacionais e internacionais relacionadas à temática. Foram encontrados 14 artigos, após selecionar criteriosamente os que contemplavam a temática, destes foram selecionados 4 que atenderam ao objetivo do estudo. Resultados: Os resultados evidenciaram um avanço nas diversas modalidades radiológicas para o diagnóstico de vários tipos de cânceres como a Ressonância Magnética, Tomografia Computadorizada por Emissão de Pósitrons PET-TC (Positron Emission Tomography)e SPECT (Single Photon Emission Computed Tomography).  Referente a radioterapia  os aceleradores lineares de prótons e elétrons de alto poder de penetração nos tecidos foram apontados como substitutos da bomba de cobalto.  A imunoterapia do câncer apresentou como inovação os anticorpos monoclonais humanizados (mAbs) responsáveis por reconhecer antígenos específicos de tumores e induzir uma resposta imune contra as células cancerosas. Fármacos inovadores como os modificadores de resposta biológica (MRB), foram identificados na pesquisa sendo observado seu uso tanto para diagnóstico como tratamento do câncer. Quanto às cirurgias algumas técnicas menos invasivas estão sendo utilizadas com o auxílio de cateteres e intervenções endoscópicas favorecendo a recuperação e as chances de cura. Conclusão: As inovações tecnológicas permitem um melhor prognóstico para o paciente oncológico com aumento da expectativa de vida e melhora na qualidade de vida.

Palavras chave: Neoplasias, Terapêutica, Diagnóstico, Tecnologia, Inovação.


É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.