SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi, IV SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi

Tamanho da fonte: 
Perfil epidemiológico da coinfecção tuberculose e HIV em Palmas de 2008 a 2018.
Raylla Silva Santos, Mariane Ferreira Caires, Renata Nogueira Nascimento, Manuela Bandeira Filha, Juliane Karsten

Última alteração: 2019-02-07

Resumo


Introdução: A tuberculose é uma doença infecciosa/transmissível que afeta prioritariamente os pulmões. Quando extrapulmonar, afeta principalmente HIV positivo. A coinfeccção TB e HIV contribui, dessa forma, com a incidência de casos de TB. Objetivo: Analisar o perfil epidemiológico dos coinfecctados na cidade de Palmas no período de 2008 a 2018. Material e Métodos: Trata-se de um estudo transversal baseado no número de casos de coinfecção TB/HIV, associado a fatores com maior prevalência, como faixa etária, sexo, tabagismo e uso de drogas ilícitas, registrados em Palmas-TO no período de janeiro de 2008 a dezembro de 2018, realizado com base nos dados armazenados no Ministério da Saúde (DATASUS, SINAN), disponíveis na base online TABNET . Resultados: No período analisado, houve um total de 2097 casos de tuberculose no Tocantins, destes 469 notificados em Palmas, dos quais 65 tiveram a presença de HIV confirmada. Entre os que apresentaram a coinfecção, a faixa etária mais acometida foi 20-39 anos, com 41 casos (63%), seguida de 40-59 anos com 24 casos (36,9%). Além disso, houve maior incidência no sexo masculino, correspondendo a 58 casos (89%). Analisando o uso de drogas ilícitas e tabaco por estre grupo, 45 confirmaram fazer uso de drogas ilícitas (69,2%) e 46 de tabaco (70,7%). Conclusão: Conclui-se, portanto, que há uma considerável coinfecção TB e HIV na área em análise e que as variáveis associadas contribuem direta ou indiretamente com o desenvolvimento do quadro de infecção, e, assim, com a formação do perfil epidemiológico. Dessa forma, entende-se que a forte interação dessas duas doenças demanda que haja interação das ações de controle desenvolvidas pelos programas de TB e de HIV/Aids.

 

Palavras chave: Tuberculose. HIV. Epidemiologia.


É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.