SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi, IV SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi

Tamanho da fonte: 
APOIO PSICOSSOCIAL NA SEFAZ - TO
Ellen Fernanda Klinger, Zelinda Ribeiro Zangirolami, Elyvagna dos Santos Silva Lacerda, Paula Renata Casimiro Pereira

Última alteração: 2018-10-07

Resumo


Introdução: o ambiente de trabalho é um dos espaços no qual o ser humano passa mais tempo e ocupa grande parcela de sua vida. Aspectos variados podem interferir na qualidade de vida e, consequentemente, na saúde mental das pessoas como, fatores sociais, psicológicos e biológicos. Também podem ser prejudiciais: condições de trabalho estressantes, discriminação, exclusão social, hábitos não saudáveis, violência, problemas físicos de saúde e toda a violação dos direitos humanos. Os riscos psicossociais e o estresse relacionado às atividades laborais tem despertado atenção das organizações, configurando um dos maiores desafios em matéria de segurança e saúde no trabalho, com impacto significativo na saúde de pessoas, organizações e economias nacionais. Objetivo: compartilhar relato de experiência profissional da implementação das atividades do Apoio Psicossocial – AP, na Secretaria da Fazenda do Tocantins – SEFAZ TO. Metodologia: trata-se de relato de experiência profissional. O AP são atividades regulamentadas pela Instrução Normativa nº 2 de 25 de julho de 2017, tendo por finalidade avaliar e intervir no suporte e acompanhamento aos servidores da secretaria em situação de crise ou dificuldade no desempenho laboral. Suas atividades são vinculadas ao programa Qualidade de Vida do Trabalhador – QVT, cujo objetivo maior é a promoção à saúde. A equipe do AP atualmente é composta por psicóloga, assistente social e estagiária. O local de funcionamento é o Anexo III, no qual foi disponibilizada sala própria aos acompanhamentos, buscando garantir o sigilo e bem estar. Resultados: para atender aos servidores, inicialmente foram estudadas as demandas, elaborada a instrução normativa e, após sua publicação, planos de ações anuais. No AP são desenvolvidas atividades relacionadas a programas nas áreas de saúde e trabalho, buscando contribuir para melhoria dos relacionamentos interpessoais e no ambiente de trabalho. Dentre as ações realizadas, o acompanhamento aos novos servidores; acompanhamento aos servidores em licença médica prolongada; orientações e encaminhamentos especializados aos serviços de saúde; desenvolvimento de trabalhos em caráter preventivo, educativo e informativo voltados à qualidade de vida e saúde mental; plantão psicossocial. Conclusão: os fatores psicossociais são suscetíveis de influenciar a saúde, o rendimento e a satisfação no trabalho, o que reforça a necessidade das organizações voltarem sua atenção para ações preventivas e protetivas para a saúde do trabalhador. Pode-se referir que mesmo com o pouco tempo desde a sua implementação a experiência do AP tem-se mostrado positiva como estratégia de auxílio e promoção de saúde no trabalho, com aumento do reconhecimento sobre a importância dessas ações.

 

Palavras chave: Trabalho. Organizações. Qualidade de vida. Psicossocial.


É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.