SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi, IV SICTEG - Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi

Tamanho da fonte: 
A PARTICIPAÇÃO NORDESTINA NO MULTICULTURALISMO EM GURUPI: RELATOS DA PESQUISA DE EXTENSÃO CURRICULARIZADA
Lucas dos Santos Costa, Maria Wellitania de Oliveira, Milena Castro Milhomem, Lucas Peres da Mota, Domingas Santana dos Reis, Raquel de Castro Pereira

Última alteração: 2018-10-07

Resumo


Introdução: A comunidade de Gurupi é formada por pessoas que vieram e trouxeram influências culturais de todas as regiões do Brasil, inclusive do Nordeste. Sendo assim, vê-se tão presente o multiculturalismo nessa cidade e nesse, encontram-se fortes traços da cultura nordestina. Objetivos: Relatar as influências da cultura nordestina presentes no multiculturalismo em Gurupi. Material e Métodos: Pesquisa de campo, exploratória e descritiva realizada na comunidade de Gurupi com amostra de 20 pessoas selecionadas pelos critérios: ‘ter nascido no Nordeste e emigrado para Gurupi e idade entre 18 a 70 anos’. A pesquisa foi feita por acadêmicos da turma do 3º período 2018/1, no Projeto de Extensão Curricularizada ‘Viagem na nossa terra Tocantins’ do curso de Letras. Para a execução, fez-se a divisão de grupos por temáticas, produção do questionário, entrevistas e produção de documentário com os dados colhidos. A metodologia baseia-se na teoria de Carlos Gil (2002) sobre Estudos de campo. Resultados: A compreensão dos aspectos sócio históricos, no processo de imigração e povoamento; os aspectos culturais, no que se refere à tradição – crenças, culinária e costumes do povo; aspectos linguísticos: permanência e alterações no falar próprio do nordestino. Conclusão: Portanto, compreende-se que os nordestinos, em sua maioria, não procuram se unir para divulgar a cultura, mas ela está presente em Gurupi naturalmente, em traços característicos dos vestuários, música, danças, religiosidade, comportamentos e culinária. No povoamento dessa região, os nordestinos em busca de uma vida melhor, trouxeram e trazem seus hábitos e falares, que contribuem para o hibridismo cultural.


É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.